Thursday, September 04, 2008

ziiiiiiiiiiiiiiiiiuuuuuuuuuuuuuuuu...

Era uma vez mais uma história de amor.
Agora entre pernilongos e uma lagartixa.


O pernilongo Ronaldo mora ali no quarto e adora o sangue dela.
É apaixonado pela pernilonga Rafaela e por ela arrasta sua asa.
Arrasa.
Sobrevoa os ouvidos da menina, mas a pernilonga nem liga.
Faz pouco caso. Ignora. Não suporta nem o zumbido que ele faz.
Isso porque Rafaela certa noite foi comida pela Lagartixa.
Devorada.
Deglutida.
Jogada na parede.
Foi tipo amor à primeira vista.
E amor de pica, fica.
Foram felizes para sempre.

Só, o pernilongo Ronaldo entregou-se a bebedeira.
Vivia caído pelos cantos do quarto, moribundo.
De tanto beber do sangue da menina,
contraiu uma amigdalite “daquelas”.
Morreu faz dois dias de nó na garganta e dor no coração.
E nem teve enterro digno de quem um dia amou de verdade.
Foi varrido, coitado imperceptível, pela faxineira Maria
e jogado no lixinho da cozinha.

3 comments:

Gustavo said...
This comment has been removed by the author.
Gustavo said...

Luiza, demais o seu texto... Um sarcasmo doce!!! Muito bom.... Ah, só pra registro... vc foi uma das minhas inspirações pra fazer um blog tb! Valeu!!!... sou um ex-namorado da Dani, de Sorocity!

Gustavo

Ricardo Silveira said...

Lindo!